quinta-feira, 21 de abril de 2011

Livro que revela os mistérios da última ceia de Jesus!


 Estudo conclui que data da Última Ceia não está correta,pesquisador lança livro que aborda os mistéros da última ceia de Jesus.
Livro "O mistério da Última Ceia" sustenta que, afinal, a derradeira refeição de Jesus Cristo com os apóstolos aconteceu numa quarta-feira e não um dia depois. 
E se a Última Ceia que Jesus Cristo partilhou com os 12 apóstolos tivesse sido celebrada, afinal, numa quarta-feira e não um dia mais tarde, como conta dos evangelhos? Esta teoria foi apresentada por um professor da Universidade de Cambridge, no livro "O mistério da Última Ceia".
"
Baseado em dados históricos, bíblicos e astronômicos o professor está lançando “The Mistery of the Last Supper” (O Mistério da Última Ceia, em livre tradução) onde ele explica como descobriu o dia exato que Jesus teria repartido o pão pela última vez com seus discípulos.
Descobri que a Última Ceia aconteceu no dia 1 de abril do ano 33, uma quarta-feira", afirma o professor Colin Humphreys em entrevista ao jornal "The Times".

"Os especialistas em Bíblia e os cristãos acreditam que a Última Ceia começou depois do pôr do sol de quinta-feira e que a crucificação foi realizada no dia seguinte, às 9h. O processo de julgamento de Jesus aconteceu em várias áreas de Jerusalém. Os especialistas percorreram a cidade com um cronómetro para ver como podiam ocorrer todos os acontecimentos entre a noite de quinta-feira e a manhã de sexta-feira: a maioria concluiu que era impossível", enfatiza o catedrático de Cambridge, segundo trechos do livro.

Dois calendários diferentes

De acordo com Colin Humphreys, os apóstolos Mateus, Marcos e Lucas dizem que a Última Ceia foi uma refeição pascoal, enquanto João afirma que foi celebrada antes da Páscoa judaica."A solução que encontrei é que todos têm razão, mas que se referem a dois calendários diferentes", reflete o professor.
Reconciliando os dois calendários, o professor conclui que a Última Ceia aconteceu, na verdade, na véspera da quinta-feira santa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário